agenda.jpg

AGENDA DE DEZEMBRO  

Clique nas datas para obter

mais informações sobre os eventos  

 

RODA DE CONVERSA COM AS EQUIPES DO PROJETO DIREITO À MEMÓRIA E JUSTIÇA RACIAL E REDE DE MÃES E FAMILIARES VÍTIMAS DA VIOLÊNCIA DE ESTADO DA BAIXADA  

LOCAL: CRAS CENTENÁRIO 

Rua Francisca Tomé, 842, Parque Centenário, Duque de Caxias 

CINEDEBATE NOSSOS MORTOS TÊM VOZ

LOCAL: Universidade Castelo Branco

Av. Santa Cruz, 1631 - Realengo 

FACEBOOK LIVE: DIREITOS HUMANOS: RETROSPECTIVA E PERSPECTIVAS DE UM CENÁRIO ESTRANHO
No dia 10 de dezembro, quando é comemorado o Dia Internacional dos Direitos Humanos, governos de extrema-direita (tanto na presidência da República como no governo do Estado do Rio de Janeiro) que se descortinam no horizonte, nos remetem a uma série de preocupações sobre o cotidiano de moradores de periferias, população LGBT, ativistas dos Direitos Humanos, organizações e movimentos sociais, praticantes de religiões de matriz africana, etc. 

Para fornecer uma análise de conjuntura acerca dos desafios enfrentados em 2018 e os desafios que surgirão em 2019, teremos as participações mais do que especiais de três mulheres empoderadas e especialistas em suas áreas de conhecimento: 

DAYSE MARCELO, psicóloga e representante da Secretaria de Direitos Humanos da prefeitura de Nova Iguaçu, fará um balanço sobre as políticas públicas da pasta. 

GISELLE FLORENTINO, economista e sistematizadora de dados do projeto Direito à Memória e Justiça Racial, do Fórum Grita Baixada, explicará como o neoliberalismo tende a se tornar mais perverso no ano que vem e as consequências sociais desse avanço. 

MARTA BATISTA, educadora, falará sobre o "Escola Sem Partido" e como os Prê-Vestibulares Comunitários podem ser uma alternativa de ingresso da população pobre para o ensino superior de qualidade e as "implicações ideológicas em se proibir ideologias" no sistema educacional.

 

SEMINÁRIO ESTADUAL PELO DIREITO À MEMÓRIA E JUSTIÇA RACIAL

O Seminário Direito à Memória e Justiça Racial é uma realização do Fórum Grita Baixada/Projeto Direito à Memória e Justiça Racial, com parceria da Rede de Mães e Familiares Vítimas da Violência do Estado na Baixada Fluminense e a Subsede Nova Iguaçu do Conselho regional de Psicologia.

 

O Seminário tem por objetivos:

# pensar e fomentar o direito à memória e justiça racial como política de reparação, no contexto da Violência do Estado;

# pensar e fomentar uma política de saúde e cuidado como política de reparação.

 

Programação:

Abertura com lançamento do vídeo produzido pelo Projeto Direito à Memória e Justiça Racial/FGB

 

Diálogo 1 - Direito à Memória e Justiça Racial:

Projeto Direito à Memória e Justiça Racial do Fórum Grita Baixada

CEJIL

Grupo Tortura Nunca Mais

Rede de Mães e Familiares Vítimas da Violência do Estado na Baixada Fluminense

 

Diálogo 2 - Política de Saúde e do Cuidado no contexto da violência de Estado

Napave

Iser

ONG Criola

Rede de Comunidades e Movimento contra à Violência

 

Local: Conselho Regional de Psicologia - Subsede Nova Iguaçu

Rua Sebastião Herculano de Mattos, 41, Centro, Nova Iguaçu