#A Frente Intermunicipal de Valorização da Vida (FIVV), é uma organização formada por representantes governamentais da Baixada Fluminense e organizações da sociedade civil como a Diocese de Nova Iguaçu, o Centro de Direitos Humanos e o Fórum a Casa Fluminense, Grita Baixada .

 

Atualmente participam como cidades signatárias de criação da FIVV as cidades de Paracambi, Mesquita, Nova Iguaçu e Nilópolis e Belford Roxo. A cidade de Queimados veio, ao longo do processo, participando da criação dessa Frente mas ainda não é signatária da carta de compromisso que instituiu formalmente a Frente. As cidades de Japeri, Duque de Caxias, São João de Meriti, Seropédica e Magé estão sendo convidadas para participar da primeira reunião da Comissão de Trabalho que acontecerá no dia 29 de junho e, dessa forma, assinarem a adesão a Frente.

 

A FIVV entende que a violência, os criemes contra a vida, atingem intensamente boa parte dos municípios da Baixada Fluminense. Ao mesmo tempo, são tantas as causas (econômicas, sociais, históricas) que torna-se praticamente impossível diminuir o grau de violência se não houver uma abordagem que envolva outras pastas de governo para além da segurança, como a educação, a cultura, a saúde e a assistência social. Acreditamos que se houver uma articulação entre as prefeituras e a sociedade civil organizada reuniremos maiores e melhores condições de enfrentar esse grande desafio que assola nossas cidades.

 

Assim, diante do agravamento da violência nasce a FIVV: criada para

articular esforços e iniciativas no campo da segurança pública com cidadania, envolvendo pessoas, instituições da sociedade civil e governos, numa perspectiva articulada em prol da vida e da cidadania.

 

Leia mais aqui sobre a próxima reunião da Comissão da FIVV em 23 de agosto em São João de Meriti.

20170529_110529.jpg
20170529_120329.jpg